Lago dos Cisnes 3D

"Sensação de caleidoscópio" ou 3D? Foto: English National Ballet

“Sensação de caleidoscópio” ou 3D? Foto: English National Ballet

LONDRES – Eu estava insegura quando entrei no Royal Albert Hall para assistir “O Lago dos Cisnes” do English National Ballet. As promessas do programa (60 cisnes no palco em uma apresentação com “sensação de caleidoscópio”) me fizeram questionar se não seria muita coisa em uma produção só e deixaria a plateia sem saber para onde olhar. Eu estava errada.

A primeira coisa que chamou minha atenção foi que a orquestra e o ballet trocaram de lugar. O “palco” foi organizado na arena, que fica no ponto mais baixo do teatro, de forma que o público tinha uma visão “de cima” e não “de frente”. Os músicos foram colocados no tablado onde as apresentações normalmente acontecem, em vez de ficarem “escondidos” embaixo do palco. Essa pequena mudança de paradigma foi, para mim, gratificante e deu um toque especial à apresentação.

Visão geral:

Erina Takahashi como Odette

Erina Takahashi como Odette

A performance, em si, foi recheada de pequenas surpresas. Bailarinos apareciam da plateia e alguns artistas, como o bruxo Rothbart, surgiu do meio do palco entre brumas e efeitos de luz. Não é algo que você pode ver com facilidade em apresentações-padrão.

A auto-intitulada “sensação de caleidoscópio” não foi cansativa nem exagerada, como eu tinha esperado. O palco era muito grande e não tinha uma “frente”, sendo que o público estava espalhado ao redor dos bailarinos. Achei justo que cada um dos espectadores tivesse a chance de assistir os bailarinos dançando de frente para eles, mesmo que por um momento da coreografia.

A ideia de duplicar (ou até quadruplicar, no caso do pas de trois do primeiro ato) os solistas foi muito simpática e atenciosa em relação à plateia. A parte mais interessante e inteligente, ao meu ver, foi que a produção explorou a visão panorâmica e vista de cima, e usou isso ao seu favor, fazendo com que os bailarinos interagissem em vez de apenas executarem os passos.

O que tivemos no palco não foram apenas três ou quatro dançarinos fazendo a mesma coreografia, mas também trocando de lugar e posições. Essa ideia deu uma nova e belíssima perspectiva às coreografias tão conhecidas, como o famoso pas de quatre dos pequenos cisnes. Essa é outra coisa que não temos a chance de ver em produções normais.

Bailarinos:

Os braços longos e extremamente graciosos de Erina Takahashi fazem dela uma Odette/Odile dos sonhos. Ela representou muito bem as duas personagens, em especial a frágil e sofrida Odette. Odile foi um desafio para as pernas compridas da bailarina, com passos mais rápidos e um equilíbrio em arabesque bem difícil, mas Erina se transformou em um cisne negro manipulador e até malvado, talvez não tão sedutor quanto o de Tamara Rojo ou técnico como o de Daria Klimentová (duas outras primeiras bailarinas do ENB).

Eu não tenho muitas coisas boas para dizer sobre Esteban Berlanga como príncipe Siegfried com exceção de que ele é um ótimo partner, mantendo Erina no eixo durante as piruetas mesmo quando ela as começou fora dele. Faltam a ele graciosidade e técnica; para um bailarino principal esperamos que ele saiba terminar os giros sem quicar ou hesitar.

O corpo de baile foi sem dúvidas a estrela da apresentação. Todos os 60 cisnes estavam perfeitamente ensaiados e igualmente suaves; o tempo musical e a altura das pernas e braços, tão difíceis de “limpar”, estavam equivalentes e confirmaram minha impressão de que o English National Ballet tem o melhor ensemble do Reino Unido. Parabéns para a diretora artística (e primeira bailarina) Tamara Rojo.

English National Ballet's, Black and White, at the London Coliseum, St Martin's Lane, 16th March 2011.

Anúncios

Uma resposta para “Lago dos Cisnes 3D

  1. Pingback: Lago dos Cisnes 3D | Oito Tempos·

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s